25 Mar 2021

ViaCatarina encaminha 170 toneladas de resíduos em dois anos

O Shopping ViaCatarina de Palhoça reforça seu conceito ‘Lixo Zero’ ao promover o correto encaminhamento de resíduos sólidos gerados pelo empreendimento.

No período de 2019/2020 foram recolhidos e encaminhamentos corretamente para a reciclagem mais de 170 toneladas de materiais, volume que deixou de ir para aterro.

Em relação ao resíduo, quase 70% se trata de papel e papelão, cerca de 100 toneladas, que acabou retornando para a indústria de papel e celulose virando matéria prima para a fabricação de novos produtos com material reciclado. Os demais componentes corretamente encaminhados foram o óleo vegetal, plástico, papel e vidro.

A estratégia sustentável do empreendimento também garantiu uma certificação de Uso de Energia Renovável 2020 para redução do efeito estufa. O estudo foi realizado ao longo de 2019 e o resultado apontou redução de 219,57 tCO2. Essa ação voluntária gerou o equivalente a 1.537 árvores em 30 anos em um projeto de reflorestamento.

Outra iniciativa do empreendimento desde 2018 é a participação como Ponto de Coleta Voluntário (PEV) da campanha Reciclaacip, uma iniciativa da Associação Empresarial de Palhoça (Acip) para o correto encaminhamento de eletroeletrônicos em desuso.

O Superintendente do ViaCatarina, Jânio Bezerra, afirma que o engajamento em ações sustentáveis é um ativo que o ViaCatarina valoriza e insere o empreendimento com a chamada nova economia. "As ações sustentáveis são cada vez mais relevantes e o próprio consumidor está atendo a esse movimento. É fato que pessoas criam laços mais fortes com empresas que assumem bandeiras em defesa do meio ambiente. É um caminho sem volta que se fortalecerá como diferencial competitivo e diante deste cenário o Via Catarina estará sempre inovando e se antecipando para ser cada vez mais sustentável".

Bitucas de Cigarro

Outra ação sustentável realizada no empreendimento é a coleta de bitucas de cigarros. Nos últimos seis meses, foram coletadas cerca de 29 mil bitucas, que deixaram de ir para o meio ambiente onde teriam potencial de contaminação, já que cada duas bitucas podem contaminar o mesmo que um litro de esgoto.

O material é destinado a um processo de reciclagem, sendo transformado em massa de papel e posteriormente em artefatos como blocos e cadernos para uso por entidades filantrópicas.